Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Caixa ‘tranquila’ para início dos saques do FGTS

Equipe BR Político

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, tranquilizou a população que pretende sacar o FGTS a partir da sexta-feira, 13. “A Caixa está preparada para atender a população com tranquilidade”, disse em uma live nas redes sociais. O presidente do órgão afirmou que amanhã o banco funcionará por duas horas a mais do que o expediente normal, e também atenderá a população no sábado, 14. O horário de funcionamento estendido também valerá para segunda-feira, 16, e para terça-feira, 17, segundo o Broadcast Político.

Fachada de agência da Caixa Econômica, que vai liberar saque do FGTS nesta sexta-feira, 13

Foto: José Cruz/Agência Brasil

“A cada duas semanas vamos liberar cerca de R$ 5 bilhões. Serão R$ 15 bilhões liberados para cerca de 30 milhões de pessoas apenas neste primeiro mês”, disse Guimarães, que classifica a operação de pagamentos como a maior da história do País. Apesar de os saques começarem nesta semana, a medida provisória que autorizou a liberação do FGTS ainda é discutida na Comissão Mista do Senado, onde parlamentares debatem aumentar o valor máximo do saque, atualmente de R$ 500, como você viu no BRPolítico.

A discussão no Congresso, no entanto, não afetará os saques de sexta-feira. A Caixa estabeleceu um cronograma escalonado para os saques do FGTS, que vai até 31 de março de 2020, e é baseado nos meses de aniversário. Os valores podem ser sacados amanhã por clientes que possuem poupança individual na Caixa e que nasceram entre janeiro a abril. Para os não correntistas nascidos entre janeiro e abril, os saques começam no dia 8 de outubro. No relatório Fique de Olho do BRPolítico, você confere o cronograma completo.