Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Calero pede que STF ouça Paulo Marinho em inquérito sobre interferência

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Enquanto pedidos para abertura de CPI para investigar as denúncias de Paulo Marinho começam a aparecer, o deputado Marcelo Calelo (Cidadania-RJ) quer que o empresário deponha no inquérito já aberto no STF. Calero enviou um pedido ao ministro Celso de Mello, requisitando que Marinho seja ouvido na investigação em andamento sobre uma possível interferência de Jair Bolsonaro na PF com intuito de proteger os filhos.

Na petição, o deputado pede que não apenas Marinho seja ouvido, mas todos os citados na entrevista do empresário para a Folha. Na lista estão Fabrício Queiroz e sua filha, Nathalia Queiroz, os advogados Antonio Pitombo e Vitor Alves, e o delegado Alexandre Ramagem, atual diretor-geral da Abin. Calero também quer que o celular de Gustavo Bebianno, que teria provas de interesse da investigação, seja periciado.