Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Calero questiona apoio de ‘heroína’ a Bolsonaro após ameaças

Equipe BR Político

O deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ) não entende por que a deputada Alê Silva (PSL-MG) ainda mantém apoio ao presidente Jair Bolsonaro após ter sido, segundo ela, ameaçada de morte por emissários do ministro Marcelo Álvaro Antônio (Turismo) em razão de denúncias feitas por ela sobre o laranjal do PSL mineiro. A deputada, no uso de sua criatividade, postou recentemente uma montagem fotográfica dela como Mulher Maravilha ao lado de Bolsonaro (Super-Homem) e demais parlamentares punidos com suspensão pelo apoio dado a Bolsonaro, e não ao presidente do PSL, Luciano Bivar, em crise deflagrada na semana passada.

“Então aquela história da ameaça de morte que o ministro do Turismo teria lhe feito é mentira? Por que eu não imaginaria uma pessoa oferecendo apoio a um presidente que mantém ministro um sujetio que lhe ameaça de morte”, questionou o ex-chanceler.

Em abril deste ano, ela respondeu a essa questão, alegando que o presidente da República foi “usado” pelo ministro sem se dar conta. “Ele simplesmente nos usou para fazer a campanha dele. E ele usa o Bolsonaro também. Espero que o presidente acorde a tempo e identifique essa pessoa que está ao lado dele, que não gosta dele, que só está usando ele. Para mim, ele está sendo tão enrolado pelo ministro quanto eu fui um dia. Só que eu acordei a tempo”, disse ela à época.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Alê SilvaMarcelo CaleroPSL