Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Câmara deve apresentar proposta de reforma tributária ‘ampla’

Equipe BR Político

Um dia após se reunir com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o tributarista Bernard Appy afirmou nesta quarta-feira, 3, que a proposta de reforma tributária elaborada por ele deve servir de base para o projeto que a Câmara deve apresentar. Appy disse que o plano é fazer uma simplificação “radical” de forma ampla e acrescentou que, se a proposta “passar de forma limpa pelo Congresso”, poderia impactar o PIB potencial em 10% em 15 anos. “Proposta está colocada, a partir da reunião de ontem aparentemente essa vai ser a proposta de referência na Câmara dos Deputados”, disse.

Segundo ele, alterar apenas as regras de PIS/Cofins e ICMS é insuficiente e tem custo político elevado. A ideia, disse, é criar um único imposto sobre o consumo, o IVA, que unificaria uma série de tributos de forma gradual – em 50 anos – para diluir o impacto para as contas dos estados e municípios. Além disso, defendeu o crédito amplo na cadeia produtiva, a desoneração do investimento e a tributação no destino (ou seja, onde o produto é consumido), informou o Broadcast Político.