Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Câmara rejeita retirar dos professores da reforma

Equipe BR Político

O plenário da Câmara dos Deputados rejeitou o primeiro destaque da reforma da Previdência a ser votado após a aprovação do texto-base. A emenda tratava dos buscava manter as regras atuais das aposentadorias dos professores dos ensinos infantil, fundamental, médio e universitário e foi derrotada pelo placar de 265 votos a 184. O texto estabelece que passará a vigorar idade mínima para aposentadoria da categoria: 57 anos para mulheres e 60 anos para os homens, com 25 anos de contribuição para ambos. Na sequência, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, encerrou a sessão, que será retomada nesta quinta-feira para votação dos demais destaques.