Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Camilo Santana cita possibilidade de interromper reabertura no Ceará

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), usou o Twitter na noite de domingo, 26, para citar o registro de aglomerações e falta de uso de máscara na capital e no Estado. Ele alertou também sobre a possibilidade de interromper o plano de retomada econômica, caso os índices do novo coronavírus tornassem a subir no Estado.

O governador do Ceará, Camilo Santana

O governador do Ceará, Camilo Santana Foto: Jarbas Oliveira/Estadão

O Ceará é um dos quatro Estados que aparecem no mais recente boletim da Fiocruz com tendência de estar entrando em uma segunda onda da covid-19.

“Tenho alertado de forma insistente que a pandemia continua e não podemos relaxar nos cuidados. Temos visto aglomerações injustificáveis e casos de desrespeito ao uso de máscara na capital e no interior. Isso é muito sério! Não voltamos à normalidade”, escreveu.

E seguiu: “Se os números voltarem a subir, seríamos obrigados a interromper o Plano de Retomada e até retroceder em algumas decisões de abertura dos negócios, como ocorreu em outros lugares. Para que isso não aconteça, é fundamental que todos colaborem”, disse.

O governador terminou a sequência de mensagens cobrando para haja fiscalização das infrações nos municípios.

Tudo o que sabemos sobre:

CearáCamilo SantanareaberturaCovid-19