Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

No Rio, candidata do PSOL à Prefeitura chama Guedes de ‘inimigo do Brasil’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A candidata do PSOL à Prefeitura do Rio de Janeiro, Renata Souza, atribuiu ao ministro da Economia, Paulo Guedes, o título de “inimigo do Brasil”. A declaração da deputada estadual acontece após O Globo revelar, nesta terça-feira, 29, que a pasta de Guedes negou o pedido feito com base na Lei de Acesso à Informação (LAI) pelo jornal para ter acesso a documentos referentes à reforma administrativa. Os documentos produzidos para elaborar a PEC que reformula a carreira dos servidores federais foram colocadas em sigilo pelo ministério.

O ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: Adriano Machado/Reuters

Segundo Renata, o “sigilo ilegal que o ministro decretou sobre os documentos da reforma administrativa é mais uma prova” de que Guedes seria o inimigo do País. O Ministério da Economia alegou que os documentos só poderão ser divulgados após a aprovação da emenda pelo Congresso. Mas precedentes julgados pela Controladoria Geral da União (CGU) estabelecem que os “documentos preparatórios” são públicos a partir do momento de envio da PEC ao Legislativo, que foi enviada em 3 de setembro ao Congresso.