Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Candidato à reeleição, Greca lidera em Curitiba, mostra pesquisa

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O candidato à reeleição na prefeitura de Curitiba, Rafael Greca (DEM) lidera a corrida eleitoral nas eleições deste ano. Levantamento da Paraná Pesquisas divulgado nesta sexta-feira, 4, mostra que em cenário estimulado – quando o nome dos candidatos é citado -, o atual prefeito aparece com 40% das intenções de voto. A diferença para o segundo colocado, Ney Leprevost (PSD), que é apoiado pelo governador Ratinho Jr., é de quase 30%, ele aparece na pesquisa com 10,9% das intenções.

Rafael Greca (DEM), prefeito de Curitiba Foto: Presidência da República

Na sequência, aparecem: Gustavo Fruet (PDT), 9,9%; Delegado Francischini (PSL), 8,1%; Christiane Yared (PL), 4,1%, Luizão (Republicanos), 3,6%; Cida Borghetti (PP), 2,3%; Dr. João Guilherme (Novo), 1,8%; Caroline Arns (Podemos), 1,6%; Professor Renato Mocellin (PV), 0,4%; Paulo Opuszka (PT), 0,3%; Zé Boni (PTC), 0,3%; Letícia Lanz (Psol), 01%; Professor Eloy Casagrande (Rede), 01%. Os que citaram que não votariam em nenhum, somam 11,1%, já os que não sabem, somam 5,5%.

No cenário espontâneo – sem que os nomes dos candidatos tenham sido citados -, Greca tem 16,8% da preferência, enquanto 2,1% responderam que votariam em Leprevost, 1,9% no deputado federal Gustavo Fruet (PDT), 1,4% no deputado estadual Delegado Francischini (PSL), 0,5% na deputada federal Christiane Yared (PL) e 0,4% no deputado federal Luizão (Republicanos). Outros nomes foram lembrados por 1,1% dos eleitores.

A grande maioria dos curitibanos, no entanto, afirma na pesquisa espontânea não saber em que votar (67,1%) e 8,8% responderam que não votariam em ninguém.

A pesquisa ouviu, por meio de entrevistas, 800 eleitores entre os dias 30 de agosto e 3 de setembro. A margem de erro do levantamento é de 3,5 pontos porcentuais. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº PR- 04183/2020.