Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Carlos acessa gravações do condomínio e nega chamada para ‘casa 58’

Cassia Miranda

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) acessou as gravações do condomínio Vivenda da Barra onde seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, tem uma casa. Carlos afirma, em um vídeo publicado nas redes sociais, que gravou o vídeo na manhã desta quarta-feira, 30, na sala de administração do condomínio. Segundo o vereador, ele teve acesso aos registros por ser morador do mesmo condomínio.

Carlos Bolsonaro acessa gravações do condomínio onde o presidente Jair Bolsonaro tem casa no Rio  Foto: Reprodução/Youtube

No vídeo, o vereador acessa um computador em que aparece uma série de arquivos de áudio. Segundo o Carlos, não há registro de entrada de visitantes no número 58, endereço de seu pai no Rio. Na gravação, ele diz que às 17h13 de 14 de março de 2018, data do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, foi feita uma solicitação de entrada, por uma pessoa de nome Élcio, para a casa 65, de Ronnie Lessa, acusado do crime.

Ainda segundo o vereador, não houve, antes ou depois, tentativa de contato com a casa do então deputado Bolsonaro. Carlos reproduz a ligação que foi feita para a casa 65, às 17h13. O porteiro anuncia a chegada do “senhor Élcio”. A voz do outro lado responde: “Tá, pode liberar aí”.

O vídeo é intitulado “Carlos Bolsonaro desmascara farsa da Rede Globo com mais fatos”. A publicação é uma reação do filho à reportagem veiculada na noite de ontem pelo Jornal Nacional.