Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Carlos contra a ‘união da esquerda com a nova esquerda’

Gustavo Zucchi

Carlos Bolsonaro, que na última semana esteve em Brasília visitando seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, não está gostando nada de ver os rumores de “união” entre antigos rivais para as eleições. O vereador carioca atacou o que chama de “esquerda” que tenta conversar com a “nova esquerda”. Ou, traduzindo, se sentiu incomodado com as recentes movimentações de Flávio Dino (PCdoB) e Luciano Huck (que pode se filiar ao Cidadania para concorrer em 2022).

“A nova e velha esquerda finalmente escancaram suas estratégias: agora pedem união publicamente para destruir o governo que vem tirando do fundo do poço o País que quase destruíram com a corrupção e a esculhambação dos valores em nome de seu plano de poder”, escreveu Carlos. Quem também não está gostando dessa movimentação é o PT de Lula, que avisou que não há conversa com “grupos de direita”. O ex-presidente, por sua vez, tirou parte de seu discurso na festa de 40 anos do partido para bater em Huck.

Tudo o que sabemos sobre:

carlos bolsonaroluciano huckFlávio DinoPT