Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Carlos diz que Executivo e Legislativo ‘mantinham relação promíscua’

Equipe BR Político

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) disse, nesta quinta-feira, 20, que os “Poderes Executivo e Legislativo mantinham uma relação promíscua” antes da chegada de seu pai, o presidente Jair Bolsonaro à Presidência. O comentário foi feito pelo Twitter, um dia depois de dir à tona um comentário do ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, afirmar que Bolsonaro é alvo de “chantagens” do Congresso.

“Ninguém viu a democracia ameaçada quando os poderes executivo e legislativo mantinham uma relação promísuca (sic) durante TODOS OS ANOS anteriores ao Governo Jair Bolsonaro, que resultaram nos mais catastróficos escândalos de corrupção de nossa história”, escreveu o vereador.

Em outra mensagem, Carlos disse que o governo “monta sua equipe de forma independente e põe fim a essa relação promíscua”. Como é da cartilha bolsonarista, o vereador quis jogar a responsabilidade para a imprensa. “Por que só agora, quando um Governo monta sua equipe de forma independente e põe fim a essa relação promíscua, dando início a uma relação republicana e levando à prática o respeito à autonomia de cada poder, as velhas raposas e a mídia militante veem uma ameaça? Nós sabemos!”, disse Carlos.