Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Carlos Fernando surpreso: ‘Prova por notícia?’

Equipe BR Político

Em entrevista ao Estadão, o ex-procurador federal da Lava Jato Carlos Fernando dos Santos Lima, além de se voltar novamente contra o ministro Gilmar Mendes, também desqualificou notícia como prova em processos. “Prova por notícia? Se a moda pega, basta produzir um material apócrifo e entregar a um jornalista preguiçoso ou leniente e, voilà, algum (ministro do Supremo) Gilmar Mendes irá dar crédito”, afirmou o ex-integrante da Lava Jato ao ser questionado se o material divulgado pelo site The Intercept Brasil pode ser usado nos processos penais. A opinião dele contrasta com a do procurador Deltan Dallagnol, que, segundo o site, considerou uma reportagem de O Globo “um tesão” para ser levada em conta no processo contra o ex-presidente Lula.

Santos Lima também foi citado em conversa com o então juiz Sérgio Moro. Ele acata, segundo o site, uma recomendação do hoje ministro da Justiça para que fosse publicada uma nota em resposta ao que Moro chamou de “showzinho da defesa”.

Leia trechos do site abaixo. Em 10 de maio de 2017:

Em 9 de setembro de 2016: