Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Lupi: ‘Tabata tem que assumir que está indo para direita’

Equipe BR Político

O presidente do PDT, Carlos Lupi, reagiu à fala da deputada Tabata Amaral (SP) de que buscará na Justiça um meio de deixar a legenda. Tabata está suspensa da sigla desde que votou favoravelmente ao projeto de reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Em entrevista ao Uol, Lupi disse que a jovem política “quer se passar por vítima” e que “não leu o estatuto” do PDT.

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT. Foto: Marcio Fernandes/Estadão

“A deputada votou com Bolsonaro contra o trabalhador, tem que assumir que está indo para direita e não consegue explicar isso”, disse. “Ela quer usar isso para voluntariamente sair e não perder o mandato. Quer dar uma espécie de aviso prévio judicial, mas nosso estatuto é muito claro quanto a condutas como a dela.”