Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cármen, corrupção e burocracia

Equipe BR Político

A presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, afirmou (sem citar nomes) que “todo governo só é legítimo se for honesto”, relata o G1.

Em discurso na Universidade de Brasília, Cármen ainda chamou a corrupção de “fratura social” e reconheceu que o Brasil expôs o problema, coisa que “poucos países têm coragem” de fazer. Para ela, um dos facilitadores da corrupção é o excesso de burocracia estatal.

Tudo o que sabemos sobre:

Cármen LúciaSTF