Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cármen Lúcia dribla desgaste

Vera Magalhães

De saída da presidência do STF, Cármen Lúcia concede entrevista ao Globo em que tenta se desvencilhar do desgaste sofrido pela Corte com a aprovação, por maioria, de um projeto que propõe reajuste de mais de 16% nos próprios salários. Ressalta que votou contra o aumento, pelo “momento” do País e defende o fim dos penduricalhos dos juízes –pauta também controversa no Judiciário.

“Benefícios são algo grave e sério, que precisa ser resolvido. Não pode continuar a haver penduricalhos mesmo, é preciso restabelecer a verdade remuneratória. Por isso mesmo, eu pautei para este mês agora, para a última semana, ou no máximo para a primeira semana de setembro, o julgamento do auxílio-moradia. Ou é legal e nós vamos julgar. Ou é ilegal e nós vamos julgar”,, afirma. / V.M.