Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cármen tira parlamentarismo da pauta

Equipe BR Político

O Supremo se livrou de uma polêmica. A presidente da Corte, Cármen Lúcia, atendeu pedido e tirou da pauta do STF  a ação que discute se é possível migrar do sistema presidencialista para o parlamentarista sem plebiscito.A ministra acatou a requisição dos próprios autores da ação: o deputado federal Arlindo Chinaglia Júnior, o ex-ministro e ex-deputado Jacques Wagner e o jurista Hélio Bicudo.

O processo é de 1997 e foi apresentada na ocasião contra PEC de autoria do ex-deputado Eduardo Jorge, que procurava instituir o parlamentarismo no País. Nas palavras de Chinaglia, “não faz sentido, depois de tantos anos, levantar um fantasma desse”.