Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cartadas de Pimentel

Alexandra Martins

O governo de Fernando Pimentel aumentou a remuneração dos conselheiros da Cemig de R$ 14 mil para R$ 20,5 mil e a do presidente do conselho de R$ 18 mil para R$ 25 mil, informa a coluna Painel da Folha neste domingo.

Já o Sindieletro-MG informa que a companhia energética de Minas aumentou o salário de seus diretores. O do presidente passou de R$ 80 mil para R$ 85 mil e o dos diretores de R$ 65 mil para R$ 67 mil. Pimentel vive à sombra de um pedido de impeachment e, a empresa, em processo polêmico de “desinvestimento”.

Notícias relacionadas

Tudo o que sabemos sobre:

CemigFernando Pimentel