Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Casos diários de coronavírus aumentam nos EUA e países europeus têm recorde

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Um dia depois de o mundo bater um novo recorde de casos diários de coronavírus, a pandemia volta a assustar países no Hemisfério Norte. Na Europa, que enfrenta uma segunda onda de contaminações, França, Holanda, Portugal e Rússia bateram recorde de contaminações neste sábado, 10 e registraram, juntos, mais de 47 mil casos em um dia. Nos Estados Unidos, onde os números, assim como no Brasil, se mantiveram altos, a quantidade de novas contaminações pela covid-19 foi de mais de 57 mil na maior contagem diária em quase dois meses. 

França foi um dos países que bateram recorde de contaminações diárias neste sábado

França foi um dos países que bateram recorde de contaminações diárias neste sábado Foto: Julien de Rosa/EFE

Na França, foram registradas 26.896 novas infecções, totalizando 718.873 pessoas contaminadas desde o início da pandemia. Lá o número total de mortes é de 32.684, com 54 óbitos nas últimas 24 horas. Na Holanda, um dos países mais afetados pela segunda onda na Europa registrou quase 6,5 mil novos casos nas últimas 24 horas. Em abril, durante a primeira onda da pandemia, o recorde foi de 1.335 casos diários. Em Portugal, que vinha mantendo controle da pandemia, o número de casos diários chegou a 1.646. E a Rússia, quarto país com o maior número de casos, registrou mais 12.846 infecções nas últimas 24h. 

Neste sábado o Brasil, que apesar da lenta diminuição nos casos mantém ainda médias diárias altas de contaminações e mortes, atingiu a marca de 150 mil mortes pela doença. O País é o segundo no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, em número de casos e mortes pelo coronavírus.

Tudo o que sabemos sobre:

coronavíruseuropaEUA