Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cássio Cunha Lima agora dá sua martelada

Equipe BR Político

No turbilhão da crise dos combustíveis, quem majoritariamente foi aliado tenta agora se descolar do governo. Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), por exemplo, em que pese ter sido a favor das denúncias contra Michel Temer, é tido como afim, além de fervoroso defensor do impeachment de Dilma Rousseff.

No Instagram, afirma, no entanto: “O País parado diante da incompetência e da falta de reação deste governo. A política de preço de combustível da Petrobrás é insustentável”. No passado, para Lima, este já foi um governo “que tem compromisso com o futuro do Brasil”. Pede, agora, a cabeça de Pedro Parente.

Tudo o que sabemos sobre:

Cássio Cunha LimaMichel Temer