Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cebri manifesta ‘grave e urgente preocupação’ com política externa do País

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri) manifestou “grave e urgente preocupação” com a política externa brasileira em nota assinada por 27 diretores do centro. Os representantes da entidade, entre os quais estão ex-ministros e diplomatas, afirmam que a política de relações internacionais do País acumulou erros ao longo do tempo, mas que “atingiram agora um patamar de disfuncionalidade e de prejuízo para o Brasil”. 

O presidente Jair Bolsonaro e o minsitro do Itamaraty, Ernesto Araújo

O presidente Jair Bolsonaro e o minsitro do Itamaraty, Ernesto Araújo Foto: Dida Sampaio/Estadão

“Em datas recentes o governo brasileiro, através do Itamaraty, mas também por outros canais, tem feito declarações gratuitas e inconsequentes, proferido votos e adotado posições que nos enfraquecem e isolam sem com isso, de forma alguma, fortalecer a defesa de nossos interesses”, diz a nota, que foi publicada no último sábado, 9. “Neste momento de grave ameaça por causa da covid-19 pareceria natural o caminho oposto, que seria o de buscar consensos e fortalecer alianças com vizinhos, amigos e parceiros.”

Nas últimas semanas, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, tem apoiado ataques feitos por aliados do presidente Jair Bolsonaro à China, principal parceiro comercial do Brasil, além das críticas seguidas à OMS e recusa em seguir suas recomendações.

“Se acumulam as queixas e ressentimentos com posições nossas que se desviam de nossa longa tradição de cooperação construtiva com a sociedade internacional. Tudo isso tem um preço que pode vir a nos ser cobrado quando mais precisamos de uma coisa que já tínhamos merecidamente conquistado e que era o mais amplo respeito da sociedade internacional que via no Brasil um parceiro amistoso, confiável e, acima de tudo, generoso”, segue o posicionamento.

Tudo o que sabemos sobre:

Cebripolítica externaItamaratygoverno