Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Celso de Mello autoriza gravação de reunião e depoimento de ministros do governo

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro do STF Celso de Mello autorizou na tarde desta terça-feira, 5, a intimação para depoimento dos ministros do GSI, Augusto Heleno, da Casa Civil, Walter Braga Netto, e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, além da deputada Carla Zambelli (PSL-SP) solicitados pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, na investigação sobre as acusações do ex-ministro Sérgio Moro de tentativa de interferência política na Polícia Federal pelo presidente Jair Bolsonaro. Celso de Mello deu 20 dias para o cumprimento das diligências.

O decano do STF, Celso de Mello

O decano do STF, Celso de Mello Foto: Dida Sampaio/Estadão

Além dos depoimentos, o ministro também autorizou a entrega da gravação entre ministros e Bolsonaro em que o presidente ameaça as supostas interferências. A reunião é apontada como prova no ocorrido pelo ex-juiz em seu depoimento à PF no sábado, que foi divulgado nesta terça. Em seu depoimento, Moro citou os três ministros do Planalto como testemunhas das ameaças de Bolsonaro.