Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Celso de Mello dá 5 dias para Moro prestar depoimento à PF

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro Celso de Mello, do STF, determinou na noite de quinta-feira, 30, o prazo de cinco dias para que o ex-ministro Sérgio Moro preste depoimento à Polícia Federal para explicar as acusações feitas contra o presidente Jair Bolsonaro em seu pronunciamento de demissão.

O minsitro do STF Celso de Mello, que relata a investigação sobre as acusações de Moro

O ministro do STF Celso de Mello, que relata a investigação sobre as acusações de Moro Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O decano, que considerou “razões de urgência” apontada por um grupo de três parlamentares, havia fixado inicialmente um prazo de 60 dias para a oitiva. De acordo com o Estadão, a decisão de antecipar o prazo sinaliza que o inquérito deve ter rápida tramitação no STF.

O pedido de antecipação do depoimento de Moro foi apresentado pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e os deputados Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES). Os parlamentares também solicitaram que Celso de Mello mantenha todos os delegados que pertencem ao Serviço de Inquéritos Especiais, que atua em investigações na Corte. Sobre esse outro pedido, o decano decidiu aguardar manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR).