Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Celso de Mello pede investigação contra Eduardo Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhou pedido ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para que seja aberta investigação contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, pelo crime de incitação à subversão da ordem política ou social.

O deputado Eduardo Bolsonaro

O deputado Eduardo Bolsonaro. Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O pedido foi feito após Eduardo dizer que não se trata de uma questão de “se”, e sim de “quando” Bolsonaro adotará uma “medida energética” depois da operação da Polícia Federal no inquérito das fake news atingir aliados do Planalto.

Ao encaminhar o pedido a Aras, o decano ressaltou ser imprescindível a “apuração dos fatos delatados, quaisquer que possam ser as pessoas alegadamente envolvidas, ainda que se trate de alguém investido de autoridade na hierarquia da República, independentemente do Poder (Legislativo, Executivo ou Judiciário) a que tal agente se ache vinculado”.

O decano pontua que a comunicação ‘nada mais traduz senão formal provocação dirigida’ à PGR, que deverá opinar pelo oferecimento de denúncia, solicitação de maiores esclarecimentos ou diligências, ou o arquivamento do caso.