Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cem dias de ideologia

Equipe BR Político

“Há dois balanços dos cem primeiros dias do governo Jair Bolsonaro: o do próprio Bolsonaro, que admite “mar revolto”, mas vê “céu de brigadeiro”, e o da opinião pública, que só vê o “mar revolto” que engoliu 15 pontos na popularidade do presidente”, escreve Eliane Cantanhêde no Estadão.

A colunista opina que nos primeiros 100 dias, mais do que metas, a grande marca do governo foi a ideologia. O governo segue condenando o excesso de ideologia da era PT, mas, ainda assim, se pauta, a cada ato, a cada fala, a cada viagem, exatamente por um excesso de ideologia. Só que do avesso.