Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Centrão afinando o discurso pró-governo

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Cada vez mais próximos do governo, os principais líderes dos partidos que integram o Centrão já começam a afinar o discurso contra uma mobilização a favor de um processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Apesar da gravidade da crise política provocada pela demissão de Sérgio Moro e pelas suas acusações de tentativa de interferência política na Polícia Federal, a fala geral dos líderes do grupo é que a prioridade, nesse momento, é ajudar o País a se recuperar dos estragos provocados pela pandemia do coronavírus.

Nao custa lembrar que o apoio do Centrão costuma trocar de direção conforme a mudança dos ventos políticos. Além disso, sua associação ao governo, com uma iminente ocupação de cargos na administração federal, também pode ajudar a aumentar a perda de capital político do presidente. Mas, sem duvida, o grupo tem votos suficientes para ajudar a blindar o presidente, a curto prazo, no Congresso. Resta saber qual será o tamanho desse custo político.

 

Tudo o que sabemos sobre:

centrão