Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Centrão de olho na CCJ

Marcelo de Moraes

Logo depois da eleição, dirigentes do PSL, entusiasmados com a eleição de 52 deputados, começou a fazer planos para comandar a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. Por ser a mais importante e influente, a comissão é a porta de entrada de todos os projetos da Casa. Assim, o PSL, por ser o partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, achou que seria estratégico comandá-la.

Só que, como todo mundo sabe, não há bobos no Congresso. E, pelos mesmos motivos, os partidos que fazem parte do Centrão se organizam para ficar com o controle da CCJ. A ideia inicial é que um deputado do PP ficasse com a vaga de presidente. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

CCJPSLcentrão