Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Chanceler demite presidente da Apex

Equipe BR Político

O chanceler Ernesto Araújo exonerou o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), Mário Vilalva, informa o Broadcast Político. A demissão é mais um capítulo da crise deflagrada na agência ligada ao Itamaraty. De um lado, estava o presidente, que seria aliado dos militares, e do outro a diretora de Negócios Letícia Catelani e o diretor de Gestão Márcio Coimbra, os dois indicados por Araújo. Com a exoneração, Vilalva é o segundo presidente da Apex demitido pelo governo Jair Bolsonaro. O primeiro foi Alexandre Carreiro, demitido ainda em janeiro, depois de entrar em conflito com diretores indicados por Araújo.

Na noite de ontem, Vilalva classificou como “golpe” uma mudança no estatuto da agência feita pelo ministro, registrado em cartório, que retira poderes do presidente da instituição e empodera os diretores apadrinhados de Araújo. Segundo o Broadcast Político divulgou ontem, o chanceler pedira a Bolsonaro para substituir Vilalva por Coimbra. Ao mesmo tempo, generais entregaram a Bolsonaro pedido a cabeça dos dois diretores, Coimbra e Letícia, que teve papel relevante na campanha de Bolsonaro.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Apex