Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Chega de exportar corrupção

Equipe BR Político

O governo brasileiro começou a montar uma rede internacional para detectar e punir corrupção de empresas nacionais no exterior.

Por ora o único acordo fechado foi com a Colômbia, informa o Estadão. A ideia é punir empresas que pratiquem suborno ou outras práticas ilícitas no exterior com multas de até 20% do faturamento bruto e veto à celebração de contratos com órgãos públicos federais.

Tudo o que sabemos sobre:

corrupçãoempresas brasileirasgoverno