Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Chico Rodrigues será julgado na quarta pelo STF

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, marcou para esta quarta-feira, 21, o julgamento do afastamento do senado Chico Rodrigues (DEM-RR). O pedido para a análise em plenário foi do ministro Luís Roberto Barroso, que determinou por liminar na semana passada o afastamento por 90 dias do parlamentar que é investigado pela Polícia Federal por desvio de verba destinada ao combate da pandemia e foi flagrado com dinheiro na cueca.

O ministro do STF Luís Roberto Barroso

O ministro do STF Luís Roberto Barroso Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O ministro foi criticado por senadores que argumentam que a decisão monocrática configura interferência na competência do Legislativo. Alguns parlamentares defendem que o caso seja julgado pelo Conselho de Ética da Casa. Mesmo se o STF decidir pelo afastamento do senador em plenário, o Senado precisa referendar a decisão, mas a questão ainda levanta questionamentos sobre as competências dos Poderes e a decisão do plenário pode dar respaldo ou não ao movimento de Barroso.

O ministro defendeu o afastamento como forma de impedir que o senador use o cargo “para dificultar as investigações ou para, ainda mais grave, persistir no cometimento de delitos”.