Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

China sem meta para o PIB de 2020

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Por conta da crise sanitária e econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus, o primeiro-ministro da China, Li Keqiang, afirmou nesta sexta-feira, 22, que o governo não fixará uma meta para o PIB em 2020. Essa é a primeira vez que o país não divulga uma meta numérica desde 1994.

O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang

O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

O anúncio na esteira do anúncio de contração no primeiro trimestre de 2020 – a primeira em mais de 40 aos -, recuando em 6,8% em comparação com ono anterior. Em 2019, o PIB chinês teve ganho de 6,1%.

Num boletim anual do governo divulgado na sessão de abertura do Congresso Nacional do Povo, Li disse que Pequim pretende manter a inflação no preço ao consumidor em cerca de 3,5% em 2020, mais do que a meta do ano passado, de cerca de 3%.

Entre as medidas anunciadas, Li disse que o governo planeja criar 9 milhões de novos empregos em 2020, menos do que a meta do ano passado que, segundo dados oficiais, superou a meta ao criar 13,52 milhões de novos empregos, segundo o Broadcast Político.

Tudo o que sabemos sobre:

pandemiaChinametaPIB2020