Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

CICB diz que carta sobre boicote foi ‘erro de pré-avaliação’

Equipe BR Político

O presidente-executivo do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), José Fernando Bello, afirmou que a carta emitida pela entidade, na qual relata um boicote ao couro brasileiro devido à repercussão internacional da crise ambiental brasileira, foi um “erro de pré-avaliação”. O documento, emitido na terça-feira, 27, é  assinado pelo próprio Bello e foi encaminhada ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. “A carta foi divulgada (pelo próprio CICB) antes da checagem com a empresa importadora. Esse importador estaria supostamente suspendendo as compras. Foi um equívoco nosso. Vamos corrigir a informação junto ao governo federal”, disse o presidente do órgão, de acordo com o Broadcast.

Segundo Bello, os importadores não querem realizar um boicote ao couro brasileiro, e sim obter mais informações sobre a origem e rastreabilidade do produto. “Recebemos este relato de uma indústria brasileira e, quando esclarecemos o fato com o cliente internacional, obtivemos a informação de que não haverá cancelamentos”, disse. Algumas das marcas internacionais que solicitaram esclarecimentos nesse sentido seriam Timberland, Kipling, Vans, e The North Face.

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.

Tudo o que sabemos sobre:

CICBcrise ambientalcouroboicote