Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cintra critica Bolsonaro: ‘E agora, presidente?’

Equipe BR Político

Demitido há dois meses da Secretaria especial da Receita Federal, Marcos Cintra criticou o plano do governo de unificar PIS e Cofins em um único tributo sobre bens e serviços, criando, assim, um Imposto sobre Valor Agregado (IVA).

Essa proposta está em estudo na proposta de reforma tributária que o governo deverá enviar ao Congresso.

Pelo Twitter, o ex-auxiliar lembrou que a não criação de novos impostos era uma promessa do presidente Jair Bolsonaro. “Mas, ..a criação de IVAs, como o novo Pis/Cofins, vai ser um gigantesco aumento de carga tributária para a ampla maioria da sociedade se não vier junto com ampla desoneração do custo do trabalho”, escreveu Cintra. E finalizou: “E agora, Presidente?”.

Desde que deixou o cargo, Cintra passou a fazer parte do grupo de ex-auxiliares que volta e meia tece críticas às ações propostas pelo governo. Como você leu no BRP, recentemente, ele se disse “decepcionado” com plano do governo para desonerar emprego.