Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cintra diz ser ‘balela’ chamar novo tributo de CPMF

Equipe BR Político

No mesmo dia em que o presidente da República reforçou que não há plano de recriação da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), o secretário da Receita, Marcos Cintra, citou a sigla três vezes em tuíte na noite de sexta, 9, numa tentativa de desassociar a sua proposta de Contribuição sobre Pagamentos (CP) ao tributo temporário criado nos anos 1990. Pela proposta de reforma tributária em elaboração pelo Ministério da Economia, a contribuição seria criada para compensar a desoneração da folha de pagamento em todos os setores, não incidindo somente sobre movimentações bancárias, como a CPMF.

“A CP (Contribuição sobre Pagamentos) é um pequeno tributo cobrado em qualquer pagamento feito através de bancos ou de qualquer outro meio. Dizem que a CP é uma nova CPMF. Balela. A CP está para a CPMF assim como o IVA está para o ICMS. Mesmo gênero, mas muito diferentes”, escreveu Cintra no Twitter.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Marcos CintraCPMF