Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ciro pede que ‘comunidade internacional censure’ ataque

Equipe BR Político

O ex-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT-CE) publicou nesta sexta-feira, 3, um vídeo em seu Twitter em que condena o ataque da força aérea norte-americana que matou o general iraniano Qassim Suleimani. “O assassinato de uma autoridade política de uma nação soberana em pleno território estrangeiro, deve ser objeto da mais clara e direta censura por parte da comunidade internacional”, disse. 

O general, morto em um bombardeio no aeroporto de Bagdá, era responsável pelos assuntos iraquianos na Guarda Revolucionária do Irã. Suleimani era um dos militares mais poderosos do grupo e era considerado terrorista pelos Estados Unidos e Israel. O Pentágono justificou a ação com o objetivo de “impedir planos futuros”. 

Segundo Ciro, a prevenção de ações futuras viola as regras do direito penal internacional. “Se houvesse responsabilidade criminal a ser apurada, que fossem acionadas as instâncias regulares para isso”, disse no vídeo. O político ainda afirmou que o papel do Brasil deve ser de pedir à comunidade internacional a condenação do ato.