Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ciro puxa alta do dólar

José Fucs

Após iniciar o dia em baixa, com a intervenção do Banco Central no mercado, o dólar comercial fechou em alta de 0,75%, cotado a R$ 3,63, o maior nível desde o maior nível desde abril de 2016. As cotações foram puxadas pela divulgação da pesquisa CNT/MDA, a primeira depois da decisão de Joaquim Barbosa de desistir da disputa.

No cenário sem a participação de Lula, a pesquisa apontou um crescimento nas intenções de voto de Ciro Gomes, do PDT, considerado um candidato pouco amigável ao mercado, em empate técnico com Marina Silva, do Rede, e a liderança de Jair Bolsonaro.  Com Lula no páreo, o petista manteve o primeiro lugar, como no levantamento anterior. / J.F.