Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

CNT: Infraestrutura de Transporte terá menor investimento em 16 anos

Marcelo de Moraes

Os recursos orçamentários do governo destinados para investimentos em infraestrutura de transporte para 2020 serão os menores em 16 anos, segundo aponta o Boletim Economia em Foco, produzido pela Confederação Nacional do Transporte (CNT).
Segundo o documento, para o próximo ano, existe a estimativa de recursos na ordem de R$ 5,29 bilhões no PLOA (Projeto de Lei Orçamentária Anual) para investimentos pelo Ministério da Infraestrutura, em todas as modalidades de transporte. Isso representa um total 31,1% abaixo do que foi autorizado este ano (R$ 7,68 bilhões).
Pelo Boletim da CNT, essa situação não é uma novidade. O mesmo cenário vem ocorrendo desde 2010, com queda de 57,3% nesse período. Mas o documento cita que “desde 2004, quando o valor foi R$ 4,75 bilhões, a área de infraestrutura não havia recebido tão baixo investimento”. Se não houver mudanças, o maior impacto causado pela redução desses investimentos deverá acontecer sobre a qualidade das rodovias.
Na opinião do presidente da Confederação Nacional do Transporte, Vander Costa, “o baixo orçamento prejudica o setor, pois eleva o custo do transporte e reduz a nossa competitividade”. De acordo com o presidente, “é imprescindível fortalecer o setor de transporte em relação ao aporte de recursos investidos pelo poder público”.
Uma das possibilidades para a reversão do problema seria conseguir recursos para o setor através de emendas parlamentares apresentadas para o setor.

Tudo o que sabemos sobre:

cnttransportesVander Costa