Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Coaf suspeita de outros 28 servidores

Equipe BR Político

As movimentações atípicas identificadas na conta de Fabrício Queiroz não são as únicas identificadas pelo Coaf. Ao menos 28 servidores da Alerj tiveram movimentações com o mesmo padrão das realizadas pelo ex-assessor do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL), informou o Estadão.

Segundo relatório do Coaf, eles movimentaram valores acima de sua capacidade financeira, receberam depósitos de outros servidores da Casa e, em 13 dos casos, em datas próximas do dia de pagamento da Alerj. A PF suspeita da existência de um esquema de nomeação de funcionários fantasmas e posterior devolução de parte dos salários para deputados e servidores.