Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cobrança de 1,28% sobre movimentação financeira

Vera Magalhães

O economista Marcos Cintra defendeu em entrevista ao Valor a substituição de vários impostos por um tributo sobre movimentação financeira com alíquota de 1,28%. Em entrevista a José Fucs, do BR18, Paulo Guedes disse que a proposta de Cintra é a base para a reforma tributária que será proposta por ele caso Jair Bolsonaro seja eleito.

Como Cintra não foi proibido de falar pela campanha de Bolsonaro, ele expôs a proposta ao jornal. Disse que a mudança seria aplicada de forma gradativa, com período de transição para reduzir impactos e para eventuais correções necessárias. Afirmou que esse tipo de tributo é fantástico e que não se justifica o “preconceito” com ele –já expressado, diga-se, em inúmeras ocasiões pelo próprio Bolsonaro, como mostra reportagem do Estadão resgatando os discursos do deputado.