Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cobrança sobre Alcolumbre para analisar vetos de Bolsonaro

Vera Magalhães

Exclusivo para assinantes

Senadores e deputados reforçaram nos últimos dias a pressão sobre o presidente do Senado, e também do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para que marque uma sessão conjunta para a análise de vetos do presidente Jair Bolsonaro referentes à pandemia de covid-19.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre Foto: Reprodução/TV BrasilGov

Bolsonaro vetou o uso obrigatório de máscaras em repartições públicas, presídios e outros espaços. Fez, inclusive, algo inusitado: acrescentou mais vetos à lista depois de sancionar a lei a respeito do assunto.

Nesta semana, causou nova onda de indignação ao vetar a obrigatoriedade de fornecimento de insumos básicos, como água, comida e leitos hospitalares a comunidades indígenas e quilombolas durante a pandemia. O ministro Luis Roberto Barroso, do STF, acolheu pedido de liminar feito pela Articulação dos Povos Indígenas e determinou que o governo federal tem, sim, de adotar medidas para conter a pandemia entre os índios.

Outro veto polêmico diz respeito à Medida Provisória que assegurou o complemento de salários durante a pandemia. Bolsonaro vetou artigo que prorrogava a desoneração de folhas de pagamento, política instituída no governo Dilma Rousseff e que não agrada a equipe econômica. A esticada na desoneração havia sido acrescida à MP pelos parlamentares, que ficaram revoltados com o veto e querem derrubá-lo.

Senadores e deputados tentam sensibilizar Alcolumbre para o fato de que os vetos de Bolsonaro ou agravam as condições para o combate à pandemia, podendo implicar em mortes, como também trazem, no caso das desonerações, mais más notícias e empresas que estão enfrentando quebradeira em série e outros problemas para se manterem durante a crise da covid-19.

Mas até agora o presidente do Congresso não sinalizou quanto à data da votação dos vetos.

Tudo o que sabemos sobre:

Davi AlcolumbreJair Bolsonaroveto