Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Collor sugere que Bolsonaro pode sofrer impeachment

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro comete “erros primários” e corre o risco de sofrer um impeachment pelos mesmo motivos que levaram o ex-presidente Fernando Collor a se afastar da Presidência. A avaliação é do próprio Collor, hoje senador da República.

“Continuando do jeito que está, não vejo como este governo possa dar certo. São erros primários. Bolsonaro esteve na Câmara por 28 anos, viu como se forma um movimento numa casa em que o chefe do Executivo não dispõe de maioria. Ele tem que entender algo fundamental: o presidente da República é o líder político da nação. Como líder, ele tem que fazer política. E política se faz por intermédio dos políticos e dos partidos”, disse em entrevista ao Globo.

Segundo ele, o que motivou sua queda foi a recusa a dividir poder e negociar com partidos. “Estou revendo um filme que a gente já viu”, alerta. Collor vê semelhanças entre o antigo PRN (atual PTC) e o PSL.

“Logo no início, ele tinha que ter dado prioridade aos 53 deputados do PSL. E, a partir desse núcleo, construído a maioria para governar. Ele perdeu esse momento. Agora reúne a bancada para dizer que vai sair do partido? Erro crasso. Estou dizendo porque eu já passei por isso. Estou revendo um filme que a gente já viu. Vai ser um desassossego para ele”, avalia.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroimpeachmentFernando Collor