Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Com 800 mortos, ‘guru’ do presidente chama coronavírus de ‘historinha de terror’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

No mesmo dia que o Brasil bateu a triste marca de 881 mortos registrados em 24 horas devido ao coronavírus, um dos principais apoiadores de Jair Bolsonaro fez chacota da gravidade da pandemia. O “guru” presidencial, Olavo de Carvalho, chamou a doença de “historinha de terror” para vender sua narrativa de que as medidas de isolamento não passam de uma espécie de “plano de dominação” da esquerda internacional.

“O medo de um suposto vírus mortífero não passa de historinha de terror para acovardar a população e fazê-la aceitar a escravidão como um presente de Papai Noel”, escreveu Carvalho em suas redes sociais. O Brasil já tem mais de 12.400 mortos por coronavírus. No mundo, a marca já chega a mais de 290 mil óbitos.