Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Com crise, Petrobrás corta produção de petróleo

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Petrobrás anunciou que a partir desta quarta-feira, 1, produzirá 200 mil barris diários a menos de petróleo, como parte de um pacote de medidas para “assegurar a sustentabilidade da companhia nesta que se configura a pior crise da indústria do petróleo nos últimos 100 anos”, diz o informe da estatal. No total, a empresa pretende cortar US$ 2 bilhões de gastos operacionais em 2020. A Transpetro, subsidiária da Petrobrás, também terá plano para reduzir custos no valor de R$ 507 milhões no ano. 

Unidade da Petrobrás

Unidade da Petrobrás Foto: Fabio Motta/Estadão

A empresa está ajustando o processamento das refinarias de acordo com a demanda por combustíveis, informou. Além do corte de produção, a estatal vai postergar o pagamento de entre 10% e 30% da remuneração mensal de empregados com função gratificada (gerentes, coordenadores, consultores e supervisores), mudar regimes de turno e reduzir a jornada de trabalho de cerca de 21 mil empregados. 

“O cenário atual é marcado por uma combinação inédita de queda abrupta do preço do petróleo, excedente de oferta no mercado e uma forte contração da demanda global por petróleo e combustíveis”, justifica a companhia, que informou que pode realizar novos ajustes em caso de necessidade.

Tudo o que sabemos sobre:

PetrobrasproduçãoPetróleoCrise