Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Comissão enxuta faz com que governo precise de menos votos

Marcelo de Moraes

A Câmara dos Deputados criou hoje a Comissão Especial que vai discutir o mérito da reforma da Previdência. O tamanho da Comissão joga a favor dos defensores da proposta. Com 34 membros titulares, a reforma poderá ser aprovada com apenas 18 votos – desde que o governo consiga, obviamente, se organizar politicamente nesse sentido.

A título de comparação, a Comissão de Constituição e Justiça, por onde a reforma acabou de passar, tem 66 titulares. A Comissão Especial da reforma, criada em 2017, quando o governo Temer tentou aprovar a reforma, tinha 37 integrantes. /Marcelo de Moraes

Tudo o que sabemos sobre:

reforma da previdênciacomissão especial