Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Como fica a relação entre o Brasil e os europeus?

Equipe BR Político

A preocupação sobre como fica a relação entre o Brasil e os países europeus em meio à crise ambiental na qual o País está envolvido tem sido um dos principais assuntos tratados pelos políticos nesta segunda-feira, 26. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, não descartou a possibilidade de boicote internacional a produtos brasileiros. Em entrevista coletiva após palestra na Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, ela afirmou: “Não posso descartar porque não sou eu que faço boicote”. Na semana passada, quando a tensão entre o governo brasileiro e o francês começou a subir, Tereza Cristina disse estar “preocupada” com a possibilidade de embargos por parte dos europeus.

Por outro lado, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), procurou minimizar as consequências internacionais que os incêndios na Amazônia poderiam gerar ao País. Para Maia, o presidente da França, Emmanuel Macron, ficou isolado nas críticas que fez ao Brasil, e os demais países do G7 “deram um freio nesse excesso”. “Acho que ele tem razão na crítica ao desmatamento, todos nós temos mesma preocupação que ele, mas daí transformar isso numa crise da UE com o Brasil, com o Mercosul, de um tratado, de um acordo que vem sendo construído ao longo de 20 anos, eu acho que os próprios países do G7 deram um freio nesse excesso”, avaliou Maia, de acordo com o Broadcast Político.