Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Como indivíduo, eu reconheço’, diz Mourão sobre vitória de Biden nos EUA

Cassia Miranda

Exclusivo para assinantes

Enquanto o governo ainda não cumprimentou Joe Biden pela vitória sobre o presidente Donald Trump na eleição americana, o vice-presidente Hamilton Mourão disse nesta sexta-feira, 13, em entrevista à Rádio Gaúcha, que “como indivíduo” reconhece o feito do democrata.

O presidente interino Hamilton Mourão

O vice-presidente Hamilton Mourão. Foto: Mauro Pimentel/AFP

“Como indivíduo, eu reconheço (a vitória). Mas não respondo pelo governo. Brevemente acho que vai acontecer isso (o reconhecimento pelo governo). E acho que não há uma tensão entre as duas nações, é mais um fogo de palha”,  avaliou.

Mais cedo, o governo chinês reconheceu a vitória de Biden e deixou o Brasil ao lado de Rússia, Coreia do Norte e México entre as nações que ainda não reconheceram a derrota de Trump. Como você leu no BRP, a estratégia não traz qualquer vantagem ao País.

Pólvora

Ainda sobre os EUA, Mourão comentou sobre a recente declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre usar “pólvora” para proteger a diplomacia. Na campanha eleitoral, o democrata aventou a possibilidade de impor sanções ao Brasil por causa do desmatamento e das queimadas.

O vice afirmou que, de Bolsonaro, é preciso “prestar mais atenção nas ações do que nas palavras”. “Vamos esperar que o futuro presidente (dos EUA) assuma. Ele tem vários problemas a solucionar. Depois, vamos ver o que acontece sobre o posicionamento dele sobre a Amazônia”, disse.