Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Congresso e STF decretam luto pelos 100 mil mortos na pandemia

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A fúnebre marca de 100 mil mortos pela covid-19 no Brasil motivou o presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, a decretar luto oficial de quatro dias em solidariedade “a todos os brasileiros afetados pela pandemia e às vítimas desta tragédia”, conforme anunciou nesta tarde de sábado, 8, pelo Twitter. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também se solidarizou com as vítimas da doença e seus familiares na rede. “Estamos convivendo diariamente com a pandemia, mas não podemos ficar anestesiados e tratar com naturalidade esses números. Cada vida é única e importa. Em nome da Câmara dos Deputados, presto mais uma vez solidariedade aos familiares e amigos das vítimas desta grande tragédia”, escreveu.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, também decretou luto oficial de três dias sobre os 100.240 mortos de covid-19. “Somos uma nação enlutada, que sofre pela perda de familiares e amigos. Jamais vivemos uma tragédia dessa dimensão em nosso país. Os reflexos e as dores oriundas da pandemia são inúmeros e imensuráveis. Somos instados a exercer a solidariedade e o espírito fraternal”, escreveu o ministro.

 

Tudo o que sabemos sobre:

100 mil mortosSTFCongresso