Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Congresso em vias de derrubar vetos de Bolsonaro

Equipe BR Político

A semana de retomada das atividades legislativas do ano não foi favorável ao governo federal. Começou com ameaça de retaliação de parlamentares contra a inação do Planalto com a reforma tributária e termina com a indicação de que deputados e senadores vão derrubar os vetos impostos pelo presidente Jair Bolsonaro ao projeto que obriga a União a pagar todas as emendas parlamentares definidas por deputados e senadores no ano corrente. No meio, tivemos os governadores rebelados contra a manobra de Bolsonaro de colocar no colo dos Estados a responsabilidade pelo alto preço dos combustíveis, mas isso não vem agora ao caso.

Congresso Nacional

Congresso Nacional Foto: Gabriela Biló/Estadão

A proposta vetada por Bolsonaro, em dezembro, delegava ao relator do Orçamento, deputado Domingos Neto (PSD-CE), a prerrogativa de definir quais projetos receberão a maior parte dos R$ 26 bilhões em emendas indicadas por ele na peça orçamentária de 2020 – somadas as emendas individuais e de bancadas, o valor chega a R$ 42,6 bilhões, informa o Estadão.

“Nossa posição é derrubar todos os vetos e estou convencido, pelo que tenho conversado com os demais líderes, que essa deve ser a postura da maioria. O próprio Bolsonaro disse que o Congresso precisava de mais autonomia e agora ele veta. Há uma contradição”, disse o líder do PT na Câmara, Enio Verri (PT-PR), à reportagem. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, vai convocar para a próxima semana uma sessão do Congresso para analisar os vetos de Bolsonaro.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonarovetoemendasCongresso