Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Conselho do MP desarquiva processo disciplinar contra Deltan

Equipe BR Político

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu desarquivar nesta terça-feira, 13, uma reclamação disciplinar contra os procuradores Deltan Dallagnol e Roberson Pozzobon, integrantes da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, em função de supostas mensagens trocadas entre eles e publicadas pelo site The Intercept Brasil e pela Folha. A decisão de arquivamento havia sido tomada individualmente pelo corregedor nacional do Ministério Público (CNMP), Orlando Rochadel Moreira. Na sessão de hoje a, foi decidido que um conselheiro será designado para analisar o pedido de revisão do arquivamento. O novo relator deverá se manifestar se mantém ou não o arquivamento, mas, segundo a assessoria do CNMP, na prática, o caso já está reaberto para reconsideração.

Também nesta terça, o conselho negou um recurso apresentado por Deltan, contra a abertura de um processo administrativo disciplinar. O caso diz respeito às declarações do procurador à rádio CBN, quando ele sugeriu que o STF passa a imagem de leniência a favor da corrupção. Com a negação do recurso, o processo seguirá tramitando normalmente no órgão. Em uma terceira decisão envolvendo Deltan, o CNMP também decidiu adiar a análise de um outro caso, movido pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), se refere a críticas disparadas por Deltan ao longo da campanha eleitoral do ano passado, de acordo com o Estadão.

Tudo o que sabemos sobre:

Deltan DallagnolCNMPdesarquivareclamação