Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Conselho ignora indulto a policiais de Bolsonaro

Equipe BR Político

A proposta de indulto natalino do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária ignorou a promessa do presidente Jair Bolsonaro de estender o benefício a policiais presos por ações em serviço, informa o Estadão. O texto foi aprovado nesta semana e será encaminhado na próxima para validação do Palácio do Planalto, que pode alterá-lo.

Em agosto, Bolsonaro havia dito que incluiria no indulto policiais presos por “pressão da mídia”. Na campanha, o hoje presidente dizia que iria extinguir a possibilidade de indulto natalino, depois de criticar Michel Temer por ter proposto um que beneficiaria presos por corrupção.

“O conselho aprovou, por maioria, proposta de indulto basicamente de natureza humanitária”, afirmou ao jornal o desembargador Cesar Mecchi Morales, presidente do CNPCP. A proposta será submetida ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, e, depois, à Presidência.