Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Contra déficit, Piauí defende receitas de gás e petróleo

Equipe BR Político

Na reunião de quarta, 8, com Davi Alcolumbre, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), vai defender as receitas derivadas de gás e petróleo contra o déficit fiscal dos Estados. Segundo ele, mexer em alíquota de servidor não vai tirar as contas previdenciárias estaduais do vermelho. “Veja que vários Estados, como o Piauí, já colocamos alíquota de 14%, já colocamos a da patronal de 28%, já criamos a Previdência complementar, já criamos uma série de regras, mas não deu conta do problema do passado”, resgatou ele ao BR18.

Dias diz estar disposto a colaborar com a aprovação do texto, mas batalha por uma compensação “mais justa” para os Estados. “Em vez de se colocar toda a carga para cima dos servidores, trabalhadores e trabalhadoras é possível com essas receitas (gás e petróleo), que é uma riqueza do povo, viabilizar uma solução”, completou.